Notícia

Postado em 19 de Junho de 2017 às 15:35 Autor: Odaliana Carvalho Veloso Fonte: www.cidadesnanet.com

Francisco Macedo sedia I Seminário Intermunicipal de Alfabetização

I Seminário Intermunicipal de Alfabetização

Francisco Macedo sedia I Seminário Intermunicipal de Alfabetização

O município de Francisco sediou o I Seminário Intermunicipal de Alfabetização.  Com a proposta de compartilhar os trabalhos do PNAIC-Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, que é um compromisso formal assumido pelos governos federal Estadual e municipal de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os 8 anos de idade ao final do 3º  ano do ensino fundamental.

Dentro dessa visão, o professor alfabetizador tem a função de auxiliar na formação para o bom exercício da cidadania. Para  exercer sua função de forma plena é preciso ter clareza do que ensina e como ensina. Para isso, não basta ser o reprodutor de métodos que objetivem apenas o domínio de um código linguístico. É preciso ter clareza sobre qual concepção de alfabetização será subjacente a sua prática.

 Clique aqui e veja todas as fotos!

É com este propósito que o Seminário intermunicipal de Alfabetização foi realizado no município de Francisco Macedo em parceria com os municípios vizinhos de Alegrete do Piauí, Belém do Piauí, Padre Marcos e Vila Nova do Piauí, com o objetivo de proporcionar aos professores alfabetizadores a socialização de seus trabalhos e suas práticas desenvolvidas em sala de aula com as crianças do círculo de alfabetização apresentando juntamente com os secretários municipais, prefeitos, coordenadores, diretores, professores e orientadores e de estudos os resultados de melhorias alcançadas com o PNAIC dentro desses cinco municípios.

O evento aconteceu nesta sexta-feira, 16, no auditório Francisco das Chagas Alencar. A abertura do seminário foi realizada pela Banda Marcial de Francisco Macedo que entoaram o hino do Brasil e do Piauí, quando logo em seguida, o grupo Renascer fez uma apresentação de Capoeira.

O anfitrião, prefeito de Francisco Macedo, Nonato Alencar,  manifestou a satisfação de sediar o evento no município, enfatizando ainda a importância do PNAIC. “É com imenso prazer que estamos aqui hoje reunidos recebendo as equipes dos municípios vizinhos que fazem partem deste seminário intermunicipal do PNAIC, programa este que município aderiu em 2013, e  os resultados tem sido positivos, o trabalho homogêneo em nível nacional, estadual e municipal tem sido de suma muito importante para uma educação de qualidade”, disse.

A vice-prefeita Hermilinda Gomes que é professora representou o prefeito Márcio Alencar, durante seu discurso, saudou a todos os presentes e parabenizou sua cidade pelo protagonismo da educação municipal. “Estando aqui representando o poder Executivo de Alegrete do Piauí, quero dizer que desde 2013 o município aderiu ao programa, com objetivo de desenvolver a educação e fazer com que as nossas crianças aprendam a ler e escrever na idade certa. Agradeço aos coordenadores e professores, protagonistas de ação de transformação que faz a cada dia um novo começo.  Que Deus abençoe a cada professor nessa jornada que não é fácil, mas que fazemos com amor porque gostamos”. Disse.

O prefeito de Padre Marcos, Valdinar Silva manifestou satisfação pela realização do Seminário Intermunicipal. Segundo ele, o PNAIC promove à educação momentos felizes dentro da própria alfabetização, fazendo com que a as crianças permaneça vivenciando a literatura, sendo alfabetizadas dentro da sua cultura. “o PNAIC é berço da informalidade dentro da educação, para dentro do conhecimento e da transformação, e para que isso possa acontecer realmente tem que ser na nossa infância, pois é nela  de que fato  as coisas acontecem e ficam marcadas, portanto esse  programa é de suma importância para o crescimento de nossas crianças, e tem surgido resultados bastante positivos na nossa educação”, declarou o gestor.

Durante seu discurso, o prefeito Edilson Brito disse que a gestão pública de Vila Nova trata a educação como prioridade e com ações conjuntas entre as secretarias, colhendo assim bons frutos. “É com grandiosa satisfação que realizamos esse Seminário Intermunicipal de Alfabetização. Seu lançamento aconteceu no ano de 2013; desde então, nós governantes temos tido um incentivo e formação para a educação, e a mesma tem melhorada cada vez mais nos nossos municípios. São programas como esse que permite trabalhar a educação contextualizada desde a infância”, disse acrescentando que tem orgulho de ser professor e entender a importância da função docente.

A coordenadora geral do PNAIC, a professora, Antônia Edna Brito, ministrou a palestra magna como tema “Práticas inovadoras do ciclo de alfabetização- Interface do saber ensinar”. “É com muita satisfação que estamos andando pelo nosso estado conhecendo a realidade das escolas, dos professores e para iniciar, quero retomar um pensamento de Paulo Freire, que disse ‘A educação sozinha não transforma a sociedade, mas sem ela tão pouco essa transformação poderá acontecer’, então nós temos de fato que investir na educação porque ela que vai fazer a diferença nessa sociedade, e na vida de cada um de nós”, disse a Antônia Edna  que informou ainda que esteve  na Paraíba em uma reunião do Fórum das universidades e foi repassado por  representante do MEC que o PNAIC vai continuar em 2017.

Durante o seminário stands montados pelos cinco municípios mostravam o trabalho realizado em sala de aula. Que trazia de forma dinâmica e lúdica a promoção de um ensino que tem feita diferença da educação desses municípios através do PNAIC.

Além dos stands, cada município apresentou  métodos de ensino desenvolvidos  com alunos. Aprestando o dia a dia da sala de aula, por meio de músicas, danças, leitura, videos e dramatizações. Compartilhando e trocando as experiências que deram certo no ciclo de aprendizagem.

O município de Francisco Macedo apresentou acrósticos, música  e produção de texto feito pelos próprios alunos.  O Secretário de Educação, Virgílio Alencar, disse  que acompanha o programa desde o início, quando era orientador de estudos,  e que havia indagações e questionamentos sobre a eficiência do PNAIC.   “Nas primeiras formações existia a dúvida se o programa realmente funcionaria a ponto de ter avanços no ensino-aprendizagem de nossas crianças na educação de nosso município e  realmente teve e os resultados estamos é gratificante e de suma importância  trabalhar o programa,  porque o ensino é voltado à práticas inovadoras, que resgata a cultura uma de maneira que fica mais fácil a aprendizagem”, disse.

 

O municípios de Belém apresentou de forma dinâmica e muito divertida os professores e desafios que os mesmos enfrentam na promoção de educação eficiente. Além de  dramatizações sobre o tema, e um vídeo mostrando o trabalho desenvolvido em sala de aula.   A  Secretária de Educação, Cláudia Ribeiro agradeceu ao prefeito Ademar Carvalho presente no evento  por todo o apoio dado a educação. A secretária ainda destacou a importância e o apoio que o programa deu no avanço da ensino no município. “Partindo de um  Ideb no quinto ano de 2,7 em 2005,  para 4,5 em 2015, sendo que a meta para 2015 era de 4 e a média estadual para o mesmo ano era de 3,9. O PNAIC foi decisivo  parece a conquista, sua  metodologia tem se mostrado se  positiva e hoje é possível notar uma mudança e perspectivas em todos os níveis de modalidades de forma espontânea e participativa”, disse

Alegrete do Piauí mostrou  um conjunto de ações que deram certo no munícipio, apresentou um vídeo sobre rotina de sala de aula, além de uma apresentação denominada de ‘A formiguinha e a neve’, trabalhada de maneira lúdica em sala, onde as crianças demonstraram conhecimentos e práticas adquiridas. A secretária de Educação, Valdênia Silva, avaliou o programa e disse ter orgulho do desenvolvimento das metodologias e ações no município. “A melhoria na qualidade do ensino e na formação continuada do professor alfabetizador, além do desenvolvimento crítico e reflexivo dos professores de modo que repense a prática pedagógica com os alunos, são evidentes desde a adesão ao Pacto em Alegrete”, disse.

Padre Marcos apresentou sequência ddatica, gêneros textuais e a apresentação e interpretação da musica rosa junvenil. Também apresentou sua equipe de alfabetizadores. O Secretário de Educação Haroldo ressaltou avaliou o  programa de forma positiva.  “Realmente funciona, demonstrar bons resultados na educação ensino-aprendizagem de nossas crianças até os 8 anos. Ainda segundo ele, o Seminário   é o momento mais importante.  “Esse momento é de suma importância, onde estamos compartilhando experiência que deram certo, e estou maravilhando com tantas coisas aqui mostradas” concluiu.

Vila Nova apresentou um relatório das ações desenvolvidas no município pelo programa.  A cidade poesia, fez uma  apresentação do Hino de Vila Nova, uma poesia, paródia do PNAIC e grupo de dança com os alunos. Edinete Brito, secretária de Educação, elencou as conquistas de Vila Nova. “Graças a gestores eficientes que priorizam a qualidade do ensino, aliados ao comprometimento dos professores e consequentemente a credibilidade das famílias elevamos o município aos melhores índices da educação alcançados no Estado e temos nesta nova gestão dado continuidade as ações do programa que trouxe bons resultados ao município, como resposta deste trabalho somos tricampeã do Selo Unicef, já tivemos um dos melhores IDEB do Estado; no ano de 2015, Vila Nova chegou a 90,9% de alfabetização de crianças na Idade certa até os oitos anos de idade. E ficou na 3ª colocação entre os municípios do Piauí que foram avaliados pelo Unicef” pontuou.

Ao término do Seminário, os participantes receberam certificado. O evento contou com  a participação de gestores dos cinco municípios. Estiveram presentes, o prefeito de Francisco Macedo, Nonato Alencar, o prefeito de Belém do Piauí, Ademar Carvalho, o  prefeito de Padre Marcos, Valdinar, Silva, o prefeito de Vila Nova, Edilson Brito e representando o prefeito de Alegrete do Piauí, Márcio Alencar, a vice-prefeita Hermilinda Gomes, a coordenadora Estadual do PNAIC professora mestra e doutora, Antônia Edna, e as coordenadoras adjuntas  Teresa Honório e Bárbara Mendes e a  presidente da Câmara Municipal de  Francisco Macedo Jacira Alencar, entre outros.



Comentários »